Potássio no Brasil: mercado atual e tendências de produção

O potencial agrícola brasileiro é inquestionável, o país é o quarto maior exportador mundial de produtos agrícolas - ficando atrás apenas da China, Índia e Estados Unidos - sendo capaz de atender a demanda interna e externa. Porém, esse grande destaque não seria possível sem o agronegócio, que possuí relação muito forte com fertilizantes e consequentemente com a mineração, responsável pela extração do potássio.

Mas o que são os fertilizantes?

De forma resumida, o fertilizante é um produto que fornece nutrientes para as plantas. O seu uso é essencial para a melhoria e manutenção da fertilidade do solo, aumento da produtividade das culturas, qualidade de alimentos e para a sustentabilidade econômica e ambiental.

O NPK (nitrogênio, fósforo e potássio) é um dos fertilizantes mais conhecidos e importantes para o desenvolvimento da agricultura, tendo o potássio como matéria-prima indispensável.

Atualmente, cerca de 95% da produção mundial de Potássio é destinada a agricultura e somente 5% é aplicado na indústria. O Brasil sempre dependeu da importação de potássio, fato que só aumenta a cada ano.

O Brasil importa 96,5% do cloreto de potássio que utiliza para fertilização do solo. Também ostenta o título de maior importador mundial de potássio, com 10,45 milhões de toneladas adquiridas em 2019, de acordo com dados do Ministério da Economia.

Relação Agronegócio x Mineração

A mineração e a agricultura possuem uma relação bem próxima. Grande parte da produção de commodities agrícolas depende da oferta de fertilizantes, e alguns fertilizantes dependem diretamente da mineração.

Atualmente algumas empresas de mineração extraem a commodity no Brasil, porém, como apresentado nesse material, a produção interna não é suficiente para atender a demanda necessária.

O Ministério da Agricultura afirma que, na projeção para a próxima década, a produção agrícola do Brasil vai saltar dos atuais 250,9 milhões (2019/2020), para 318,3 milhões de toneladas, o que representa um incremento de 27%.

Com esse panorama, é fundamental para o país ampliar suas pesquisas voltadas para insumos agrícolas, tanto para produção dos fertilizantes convencionais (NPK e outras formulações), como para fertilizantes alternativos.

Novos negócios e perspectivas de mercado

Nesse sentido, o Ministério de Minas e Energia, por meio do Serviço Geológico do Brasil, tem buscado oportunidades para reduzir a alta dependência externa de fertilizantes do país, possibilitando atender a demanda crescente de produção de alimentos.

De acordo com o Informe Avaliação do Potencial de Potássio no Brasil, até o momento, pode-se afirmar a existência de depósitos no estado do Amazonas, em Nova Olinda do Norte, Autazes e Itacoatiara, com reservas em torno de 3,2 bilhões de toneladas de minério, além de ocorrências em Silves, São Sebastião do Uatumã, Itapiranga, Faro, Nhamundá e Juruti.

De acordo com o diretor de Geologia e Recursos Minerais, do Serviço Geológico do Brasil, Marcio Remédio, caso os depósitos identificados entrem em produção, o impacto para o setor agrícola e para produção de fertilizantes no Brasil pode ser imediato.

A empresa Terra Brasil também fez descobertas interessantes e prevê investir em um projeto de extração de fosfato e potássio no estado de Minas Gerais. A jazida a ser explorada possui aproximadamente 1,6 mil hectares de área e é considerada a maior do Estado e uma das maiores do País, com volume estimado em dois bilhões de toneladas de minerais.

Por meio de novos projetos, o país prevê aumentar a produção de insumos agrícolas e consequentemente ofertá-los a preços mais competitivos no mercado. Ainda existem inúmeras oportunidades a serem exploradas, e a mineração de potássio – e outros insumos agrícolas - sem dúvida será um ganho expressivo para o Brasil.

Referências

https://www.noticiasdemineracao.com/outros/news/1400625/terra-brasil-investir%C3%A1-rusd-2-4-bilh%C3%B5es-em-projeto-de-f%C3%B3sforo-e-pot%C3%A1ssio-em-mg

https://www.noticiasdemineracao.com/outros/news/1394059/cprm-apresenta-ao-governo-projetos-para-investimentos-em-agrominerais

http://www.cprm.gov.br/publique/Noticias/Potencial-do-Brasil-para-agrominerais-e-apresentado-para-o-ministro-de-Minas-e-Energia-e-para-ministra-da-Agricultura-6330.html?from%5Finfo%5Findex=11#:~:text=O%20pot%C3%A1ssio%20%C3%A9%20um%20dos,96%25%20do%20pot%C3%A1ssio%20que%20utilizam.

https://www.gov.br/mme/pt-br/assuntos/noticias/governo-federal-descobre-novos-alvos-para-o-setor-mineral-de-depositos-de-potassio-para-uso-na-agricultura

https://www.gov.br/pt-br/noticias/energia-minerais-e-combustiveis/2021/01/governo-descobre-novos-depositos-de-potassio-para-uso-na-agricultura

https://www.grupocultivar.com.br/artigos/tendencias-da-producao-de-fertilizantes-no-brasil

WhatsApp chat